Entenda o caso de Paris Jackson, filha do Rei do Pop, Michael Jackson, que tentou cometer suicídio

14:48

Infelizmente o Bullying praticado nas escolas e até mesmo no ambiente familiar vem trazendo consequências desastrosas: muitas crianças e adolescentes, sentindo-se sozinhos, acabam optando por um caminho “fácil” para acabar com todo o sofrimento: o suicídio.
 
E não são apenas os “anônimos”, como Amanda Todd, que sofrem desse mal. Na última semana pudemos acompanhar de perto pela mídia o caso de Paris Jackson, filha de Michael Jackson que foi levada ao hospital por ter atentado contra a própria vida.
Paris Jackson
Foto: Reprodução / Instagram
ENTENDA O CASO
Paris Jackson, filha do astro pop Michael Jackson, foi levada ao hospital depois de uma tentativa de suicídio na madrugada do dia 5 de maio.
 
Segundo o site “TMZ“, a garota teria deixado sua casa em Calabasas, na Califórnia, às 2h da manhã, em uma maca.
 
De acordo com familiares, ela não queria morrer. Segundo um membro da família, o ocorrido seria apenas uma tentativa de chamar a atenção,  e não uma forma real de acabar com a própria vida. Paris ainda teria confirmado isso aos paramédicos.
 
Ainda de acordo com o site, a chamada para a emergência foi feita às 1h27 e reportava uma possível overdose. O fato não foi confirmado.
 
Debbie Rowe, mãe de Paris, confirmou a tentativa de suicídio ao programa “Entertainment Tonight” e seu advogado divulgou um comunicado oficial sobre a internação: “Agradecemos a preocupação de todos com Paris e pedimos respeito pela privacidade da família neste momento”.
Outro possível motivo que teria levado Paris a tentar suicídio – de acordo com a revista americana “People” – seria a proximidade do aniversário de morte do pai.
 
O site “TMZ” ainda afirma que, antes de se ferir, Paris teria ligado para uma central de ajuda a pessoas que tentam suicídio. Depois, a garota teria tomado cercs de 20 comprimidos de Motrin, um antiinflamatório pós-cirúrgico.
 
Quem quer se matar toma Motrin? Ela ligou para a central de ajuda porque queria chamar atenção e para ter certeza de que os médicos chegariam a tempo de socorrê-la“, disse uma fonte policial do “TMZ“.
Algumas testemunhas apontam que Paris estaria consciente quando a ambulância chegou a sua casa e que não teria oferecido resistência ao ser atendida.
 
E os boatos em torno da história não param por aí! Algumas fontes do “Entertainment Tonight” revelaram que a tentativa de suicídio aconteceu depois que Paris não teve autorização para ir a um show do cantor Marilyn Manson.
 
Ela teria se trancado em seu quarto depois de bater a porta. Uma fonte do jornal “NY Daily News” negou a informação: “Ela é bem sociável e tem passado bastante tempo com a mãe e seus animais. Isso é mais do que uma adolescente fazendo malcriação”.
 
São tantas versões que fica difícil saber qual é verdade, não é mesmo, girls?
O fato é que a gravação de socorro de Paris vazou na internet e, segundo consta, a garota engoliu 20 comprimidos de analgésicos e cortou o braço com uma faca de cozinha.
 
Segundo a revista “Us Weekly“, Paris sofre de depressão: “Ela tem sérios problemas de depressão e muito por causa da morte do pai. É bem real e muito triste. Ela tem estado bastante deprimida e não consegue dormir à noite. Fica acordada a noite toda“, disse uma fonte da publicação.
Já o “TMZ” relata que esta não foi a primeira vez que a garota tentou suicídio: “Ela tentou o mesmo no passado, mas desta vez foi bem mais sério. Não é um pedido de ajuda” .
 
Paris Jackson sempre é vista com os pulsos cobertos
Paris Jackson sempre é vista com os pulsos cobertos. Foto: Reprodução / Instagram
Algumas fotos de Paris mostram alguns machucados no pulso esquerdo.
O site “Radar Online” informa que Katherine Jackson, avó e guardiã legal de Paris, está no hospital com ela. Uma fonte da publicação disse ainda que os médicos acreditam em sua total recuperação.
O QUE MOTIVOU?
A família decidiu tirá-la da escola particular em que estuda após os relatos de que Paris sofria bullying vieram à tona.
De acordo com os relatos, a adolescente sofria bullying de um grupo de estudantes dando conta que aparentemente Paris estaria infeliz na escola e que ela não gostaria de voltar para lá.
 
Uma fonte contou ao “Daily Mail“  que a garota deixou um bilhete depois de tomar analgésicos e cortar os pulsos e chorava dizendo que perdeu seu pai. “Este episódio foi assustador para todos. Ela estava basicamente chutando e gritando quando os paramédicos chegaram. Ela dizia: ‘Eu quero viver. Eu quero. Eu só não quero viver aqui’. Eu queria que meu pai estivesse aqui“, contou o informante, que segundo o jornal, estava presente na cena.
MENSAGENS NO TWITTER

Na terça-feira, 4, pela noite ela postou mensagens enigmáticas em seu Twitter: “Eu me pergunto por que as lágrimas são salgadas” e citou um trecho de Yesterday, dos Beatles “Ontem parecia que meus problemas estavam longe, agora parece que eles estão aqui para ficar“.

You Might Also Like

0 comentários

alguem comentou ? AAAH obrigada por comentar !!!

Popular Posts

Postagem em destaque

Série fotográfica sem tabus mostra como era ser jovem nos anos 70

Como fazer um registro fotográfico verossímil e autêntico dos jovens dos anos 70 sem cair nas armadilhas dos clichês? A resposta é o t...

Posts mais vistos