Voce esta caindo no mal da anorexia?

22:28


Foto:ThinkStock
O governo de São Paulo fez as contas. Neste ano, a cada dois dias uma pessoa foi internada na rede pública do Estado por causa de distúrbios alimentares como bulimia e anorexia.
Essas doenças têm causas complexas, mas as duas costumam estar associadas a uma preocupação excessiva com o corpo. É aquele medo enorme de engordar que transforma a relação com a comida na coisa mais importante do mundo. Quando vira doença, a preocupação deixa de ser apenas uma chatice ou excesso de vaidade para se tornar uma obsessão que pode levar à morte.
Difícil é perceber esse limite. Todo mundo já quis perder dois quilinhos, mas quando essa vontade passa a dominar a sua vida, é hora de parar e pensar. Será que isso é normal?
Avalie:

• Isto é normal: Olhar-se no espelho e achar que está com uma barriguinha meio saliente. Prometer-se que amanhã vai começar a fazer ginástica, sem deixar de lado o sorvete com a amiga.
• Isto NÃO é normal: Olhar-se no espelho e achar que está com uma barriga gigante. Ligar para a amiga, desmarcar o sorvete e correr para a academia.

• Isto é normal: Exagerar no lanche com as amigas e comentar: “Putz, comi demais!”
• Isto NÃO  é normal: Exagerar no lanche com as amigas, pensar “comi demais” e correr para o banheiro vomitar tudo.

• Isto é normal: Controlar-se para não exagerar nos doces durante a semana. Assim você pode se esbaldar no almoço na casa da sua avó no domingo.
• Isto NÃO  é normal: Esbaldar-se no almoço da sua avó no domingo e, por isso, passar o resto da semana a água e alface, falando a cada minuto “eu sou uma gorda, eu sou uma gorda”.

• Isto é normal: Saber quais alimentos fazem bem à sua saúde e quais engordam. Tentar, dentro do possível, maneirar nos doces e frituras.
• Isto NÃO  é normal: Conhecer as calorias de todos os alimentos e recusar veementemente qualquer coisa que possa engordar.




Foto:ThinkStock
• Isto é normal: Tomar café da manhã, almoçar e jantar. Se bater a fome, comer um lanchinho entre as refeições.
• Isto NÃO  é normal: Mal terminar o café e já pensar no que vai comer no almoço, mal terminar o almoço e pensar no próximo lanche e antes das 4 da tarde já pensar no que vai comer no jantar.


• Isto é normal: Querer ter um corpo bonito.
• Isto NÃO  é normal: Achar que é impossível ser feliz se não for magérrima.

• Isto é normal: Dividir as refeições ao longo do dia.
• Isto NÃO  é normal: Fazer jejum durante o dia e atacar tudo o que tem na geladeira às escondidas, na calada da noite.

• Isto é normal: Escolher aquela musse de chocolate deliciosa de sobremesa. À tarde você se controla mais.
• Isto NÃO  é normal: Ver aquela musse de chocolate que você adora e preferir a taça de gelatina diet.

Aí você percebe que os sintomas nem sempre são muito fáceis de perceber. Se, lendo essa lista, você percebeu que está pendendo para o lado ruim da força, peça ajuda. Quanto antes o problema for diagnosticado e tratado, maior a chance de cura.
Veja aqui onde pedir ajuda:


No Rio:- Núcleo de doenças da Beleza do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa e Intervenção Social- LIPIS, da PUC-Rio:
lipis.usuarios.rdc.puc-rio.br



Em São Paulo
- Ambulim (Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP):
www.ambulim.org.br


Em Porto Alegre:- GEATA (GEATA-Grupo de Estudo e Assistência emTranstornos Alimentares):
www.geata.med.br
Vocês têm dúvidas? Tem medos? Conhecem alguém nessa situação? Escreva pra mim!

You Might Also Like

0 comentários

alguem comentou ? AAAH obrigada por comentar !!!

Popular Posts

Postagem em destaque

As 14 Heroínas Mais Poderosas dos Quadrinhos

O mundo dos quadrinhos não é feito só de super-heróis. Na verdade uma das partes mais importantes deste universo fictício são mesmo as  s...

Posts mais vistos