O Insucesso da Disney - O Caldeirão Mágico.

22:06


 INTRODUÇÃO
A produção de Caldeirão começou em 1971, quando Ron Miller, diretor da Disney depois que Walt Disney morreu, comprou os direitos dos livros ‘’As Crônicas de Nárnia, digo, Prydain’’ e achava que ia fazer uma obra-prima com aquilo, algo que iria botar o estúdio no topo da cadeia alimentar mais uma vez, atrairia um público mais maduro á casa do rato, resumindo, eles estavam tentando fazer um filme adulto.
E durante todo este tempo, eles ficaram enrolando animadores como Don Bluth, Gary Goldman e outros animadores novatos da Disney para ‘’ensaiar’’ suas asas antes de abri-las para o Caldeirão, eles cansaram de esperar e Don Bluth mais 2 terços do departamento de animação foram embora e começaram á fazer seus próprios filmes, sem se preocupar com pais surtando porque seu filinho se assustou com uma batida na música num momento dramático do filme.
Quase sem animadores mas ainda determinado á cozinhar sua sopa no caldeirão (foi mal pela piada ruim) Foram recrutados mais animadores e assim que O Cão e a Raposa (1981) foi lançado, o fogo já tinha sido atingido, e assim o Caldeirão começou á ferver! (foi mal pela piada, denovo!)
Por 5 anos, 30 animadores trabalharam no Caldeirão e estavam fazendo o possível para fazer o melhor filme de todos, até que enfim, início de 1984, O filme estava quase pronto, com algumas cenas ainda tendo que ser coloridas, até que um monstro apareceu, um monstro inescrupuloso que não ligava para arte, sua lei como o novo chefe da Disney, era para fazer filmes mais rápido e mais baratos, ele olhou o filme e ordenou que cortassem 10 minutos, eles disseram ok então... e cortaram umas coisinhas que nem importavam tanto, mas quando ele viu o filme de novo, ele não estava satisfeito, ele foi e abruptamente estrupou o filme, cortando cenas de violência gráfica, que deixou o filme sem graça , os diretores do filme mandaram ele parar, ele disse ok, mas o filme deveria ser editado, e eles disseram, ok, e o filme foi parcialmente re-editado e re-animado por 12 minutos, virando uma sopa na qual seus ingredientes mais saborosos foram tirados por serem ‘’fortes demais’’, o nome deste indivíduo, é Jeffrey Katzenberg. MAS ISSO É ASSUNTO PARA UM OUTRO POST, OK?
Devido á tudo isso, o filme teve que ser adiado para Junho de 84 para o Natal de 85, durante esse tempo, eles investiram pesado na propaganda, eu não era nascido na época, mas julgando pelos pôsteres, anúncios e trailers e comerciais, eles investiram pesado pra  nesse filme, e assim, o grande dia tinha chegado, O Caldeirão Mágico tinha atingido as telonas!...
...e foi um fracasso dos grandes.
Sendo originalmente desenvolvido como um filme para 14, 16 ANOS (?!?...DISNEY!) o filme manteve muito de seu conteúdo assustador presente, alienando as mamães de plantão, assustando suas crianças de porcelanas, e convencendo todos em não assistir o filme, apesar de algumas críticas positivas, o filme foi um fracasso total, perdendo para o filme dos Ursinhos Carinhosos (ODIOO) que saiu no tempo, arrecadando 21 milhões numa verba de 25 milhões, o filme foi lançado em VHS em 1998, 13 anos depois, em DVD em 2000 e uma edição especial furreca em 2010, sendo totalmente esquecido pela Disney, e ainda sendo reconhecido como o ‘’Insucesso’’ da Disney.
HISTÓRIA DO FILME
E agora, finalmente chegamos na história do filme, tomara que você já não esteja entediado com o meu blá-blá-blá, eu só gosto de bastante informação.
Na Mística terra de Prydain, visinha da Terra-Média, Nárnia, e Hyrule, havia um rei tão filha-da-puta que ninguém gostava dele, então jogaram ele num caldeirão e agora esse caldeirão tem o poder de ressuscitar guerreiros e dominar o mundo seja lá qual idiota o possuir ( ? ).
 
TÁ-TÁ-TAAAAAHHHH!!!!!...que seja.
Depois desse prólogo, começamos com o nosso típico dia normal, numa casa normal, habitada por um feiticeiro normal e um garoto-genérico-xexelento-quero-ser-herói normal, ele é Taran, e quer viver grandes aventuras, esmagar crânios de caras maus e comer tortas de princesas...hmm...
MAS NO MOMENTO, ele tem que cuidar de uma porquinha chamada Hen Wen, que por alguma razão, na dublagem brasileira ela é chamada de Vem-Vem.... eu não entendi.
Ela sente um distúrbio na força enquanto Taran á da um banho, e Dallben á faz mostrar uma visão que revelava que um otário chamado The Horned King, ( ou ‘’o rei dos chifres’’, já que ‘’o rei chifrudo’’ seria meio ridículo) que está procurando o Caldeirão Negro para dominar o mundo...É CLARO! E ele também sabe do poder da porca...como?)
Dallben caga nas calças e manda nosso herói esconder a porca longe dali, e rápido.

Note que já estamos 9 minutos no filme e já movemos para o segundo ato, uau, e eu pensando que o desenho do Senhor dos Anéis era apressado.
Depois disso, Taran leva Hen Wen consigo e não para de falar sobre o quão fodão ele vai ser em proteger esta porca, só pra perde-la enquanto fantasiava sobre ser o próximo rei de sei-la-o-que.



Belo trabalho herói!


Durante sua busca, Taran acha um bichinho chamado Gurgi!



 mas isso não importa, depois de 2 minutos de ‘’me dá a maçã e onde está minha porca’’ Taran ouve Hen Wen gritando em agonia e vai ao resgate, resultando em uma cena de ação bem intensa considerando os padrões da Disney.
Isso se não fosse pelo moleque gritando ‘’CUIDADO!’’ ‘’VEM AQUI HEN!!’’ ‘’POR FAVOR, NÃO!’’ e o meu favorito, ‘’DEPRESSA HEN!’’ sério, quem pede para alguém se apressar quando está sendo perseguido por algo que quer te matar? Ainda mais desse jeito?
Que seja, Taran perde a porca para os piteros e aí...EITA!
SANGUE! EM UM FILME DISNEY! Diversão para toda a família!
Belo trabalho herói, não conseguiu proteger um porco. Mas isso não importa! Pois agora seremos introduzidos ao vilão do filme, O REI CHIFRUDO!
Puxa vida, concerteza estavam mirando para 16 anos.
Mas isso não importa, logo a cena acaba e o povo se pergunta, ‘’só isso para introduzir o vilão?’’ e eu digo, sim.

Que seja, Taran infiltra no castelo, e vai para o salão de festas, onde o Rei aparece.


Hmm...
Uau.
Meu...
Nossa...concerteza estavam tentando fazer isso um filme para 16 anos, e olha que estão introduzindo o vilão pela segunda vez, mas desta vez com uma...


...ENTRADA TRIUNFAL!
Foi mal, foi só o que conseguir pensar...
Mas, com o herói burro que temos, ele deixa ser descoberto e agora é obrigado á mostrar pro vilão onde está o Caldeirão...
Não antes de dizer ‘’FODA-SE’’ e sair correndo que nem um abestado, resultando em outra seqüência de ação intensa,
Taran consegue fazer com que Hen Wen fuja...
Mas não antes de ser capturado pelo bichinho-de-não-sei-o-quê do chifrudo.
Num momento de puro FAIL, alguém aparece para aumentar o astral de nosso herói xexelento...
Uma Princesa! PUXA...imagine...uma princesa num filme Disney, o nome dela é Eilonwy, que na dublagem brasileira eles nunca pronunciam direito, e aparentemente, não sendo um filme pra criança originalmente, esta ''Princesa'' só tem no nome.


Tem também uma bolinha brilhante que é esquecida pra sempre nesse filme e só volta no final sabe deus o que houve.
Que seja, Taran acha uma espada, e com essa espada ele fica doidinho e agora está fantasiando porque agora tem uma espada fodona e isso quer dizer que agora ele é fodão!
Entende?
Depois disso, nós somos introduzidos ao Fflewdur Flam, ou o (Deus...) FLORES FLAMA na dublagem em português. Eu me pergunto....POR QUÊ? QUE TRADUZIU ESSES NOMES?

Bem, isso nem importa, agora eles tem que fugir do castelo, e fogem! Simples assim! E é nessa parte onde ouve vários cortes mostrando Taran fatiando inimigos com sua espada, estranho, né? Sem essas cenas, parece que ele só usa a espada como decoração.
Depois de mandar os pterodáctilos procurarem os nossos ‘’heróis’’, eles estão conversando numa floresta da vida, seilá, até que eles começam uma discussão ou sei-lá o que, eles se separam, e o que parecia que o taran iria se perdoar por ter trollado Eilonwy, ele diz:
‘’Pelos menos estamos todos a salvo...’’
....
Mas eles são puxados á atenção dos gritos de Fflewdurr que está sendo atacado por algo!
Oh, é ele denovo. Mas pra ser justo com esse filme, é uma cena bem engraçada, eu ri.

Ainda puto por ter o deixado na mão na frente de Mordor, Taran deixa Gurgi o guiar para onde Hen Wen tinha ido.
E assim, somos introduzidos as FairFolk, que por alguma razão, são chamados de ELFOS na dublagem brasileira....( ? )
Eu vou te contar, esta cena é muito chata, então eu vou resumir o que acontece nela: O quarteto fantástico vai para baixo do redemoinho e para num lugar onde fadas acharam Hen Wen e prometeram a levá-la á Dallben (uau já tinha esquecido dele) enquanto Taran descobre a localização do Caldeirão Negro, e quer tentar o destruir, como diz esta brilhante mensagem de motivação:

‘’se o rei dos chifres o encontrar, ele vai MATAR A TODOS NÓS.’’
É bom ver que está sendo positivo em relação á isso, garoto.
Ah é, também apareceu esse carinha aí, que junto com a bola brilhante da princesa, é outro personagem inútil que é logo esquecido.
Assim, nosso grupo de heróis chega aos pântanos de morva, onde acharam uma cabana com três bruxas que enganaram Taran e trocaram a espada dele pelo o caldeirão negro, que era indestrutível....nosso herói, pessoal.
E é aí onde presenciamos o humor deste filme, que estava sendo feito originalmente para 16 anos.
É isso aí.


Depois de todo aquele lenga-lenga, o filme decide que Doli não é mais importante e ele vai embora, Taran perde sua alto estima, mas antes de sequer sentir o cheiro de torta de princesa, os carinhas maus aparecem e capturam nossos heróis menos Gurgi, que fugiu.
assim, o chifrudo toma controle do caldeirão e agora está pronto para fazer sua sopa!



Ele se dirige a um corpo numa mesa (?)


E tira o lençol de cima...


...Que vira um esqueleto (?)....


...E agora do nada tem sangue no caldeirão.
SANTA COERÊNCIA! E VOCÊS DUVIDAM DAS CENAS CORTADAS?
Além dessas cenas sutilmente cortadas, há também uma cena onde o vestido da Eilonwy é rasgado mostrando breve nudez....ELES TENTARAM TRANSFORMAR UMA MENINA DE 14, QUE NEM SEIOS TEM, EM MATERIAL PARA PUNHETA?....DISNEY!!!11!
Ok, eu tenho que admitir, os efeitos usados quando o caldeirão é acionado são bem impressionantes, e eu não vou dizer ‘’para o tempo’’ porque quem olha para um desenho animado antigo e acha animação boa para o tempo? concerteza acha que a animação de hoje em dia seja uma obra-prima e 100 vezes melhor que a antiga.
Faz perfeito sentido.
Hmm...
Olha, eu acho que você não devia...


Bem que eu disse.
E essa cena, senhoras e senhores, é o exemplo concreto de que várias cenas foram cortadas, por exemplo, a gente vê o cara que espetou a lança denovo? Eu não. É aqui onde foi deixado óbvio que cenas foram cortadas, pois o áudio ‘’pula’’ varias vezes, e também, a mais infamosa menção, uma cena deletada de um guarda que é atacado quando os esqueletos pulam encima dele
EIS O QUE ACONTECEU COM ELE!
E UM VÍDEO COM O AUDIO ORIGINAL!
DISNEY!
Continuando...



Nossos heróis temem  por suas vidas, embora eles nem estejam correndo perigo…
E Gurgi aparece para salvar o dia!
Mas Taran quer acabar com o feitiço do caldeirão pulando dentro dele...
...mas Gurgi corta o barato dele e pula primeiro.
Enquanto isso, o rei chifrudo se alegra pra chu-chu de ter finalmente conseguido trazer seu exército á vida...
...só pra eles morrerem denovo porque o Gurgi cancelou o feitiço, e olha que eles nem saíram da porta!
Aliás, como a alma de um rei mau, aprisionada num caldeirão, o dá poder de ressuscitar um exército de mortos? Isso faz sentido?
As coisas não parecem melhorar porque enquanto Taran observava o caldeirão trabalhando, o Chifrudo aparece puto da vida, como sei isso? Seus olhos estão vermelhos.
Mas isso não importa, nosso herói chuta o rei para o caldeirão...
...só para o vilão o pegar e jogar pra ainda mais perto de sua morte...
...só pra depois inexplicavelmente, num corte inexplicável, ele de repente ser sugado para o caldeirão.
Hmm...


Nossa...


Caraça...




DISNEY!
O caldeirão agora inexplicavelmente está parando de funfar e esta levando o castelo junto, nossos heróis escapam e vão para o litoral.
Lá eles encontram as bruxas novamente, que deram uma chance de Taran recuperar sua espada, mas ele recusa, e pede que elas tragam Gurgi devolta.
Elas fazem isso e vão embora.
Olha, eu vou te contar, esta é uma cena bem triste, considerando que é um filme da Disney, Taran segurando o corpo morto do Gurgi...
Ah...ele ta vivo...esqueci que é um filme Disney.
Olha, eu ODEIO esse negócio de ‘’ele morreu mas ele não morreu’’ em filmes animados, é só uma desculpa esfarrapada para um suspense xexelento e fraco (FILMES do Pokemon, eu estou olhando para vocês! eu chorei quando o Ash virou pedra, mas foi só aí.), mas nesse caso é uma exceção, porque elas de fato tinham trazido Gurgi devolta á vida, aliás, como ele sairia de lá vivo? E de novo, eles estavam mirando para 16 anos.

Ei, é a bolinha! Ela voltou!
‘’Você fez bem, meu garoto!’’
Ih! É o Dallben! Tinha esquecido dele, junto Hen Wen, a antiga ferramenta de história, e Doli, o inútil parceiro que só ficou no grupo por 5 minutos!



E assim, nossos heróis andam no pôr-do-sol (ou seria só a visão da Hen Wen?) e o filme acaba.
NOTA FINAL: 4.8 / 10.0
NOTA FINAL PARA UMA POSSÍVEL VERSÃO SEM CORTES: 6.8 / 10.0
ANÁLISE
Olha, eu vou te contar, este foi um filme muito ruim, pelo que você pode perceber nesse artigo, Personagens não são desenvolvidos, não ligamos pra eles, Taran não fez nada além de meter os outros em confusão só pra depois ganhar o título de herói no final, Eilonwy é sua típica cabeça de vento, Fflewdurr é um inútil, é só o que vou dizer, o Rei dos Chifres é só um manda-chuva que não faz nada a não ser sentar no trono e dar ordens, e os demais personagens são esquecidos completamente.
Mas, como eu já disse antes, os efeitos são muito bons, o brilho dos personagens são muito bonitos, já o mesmo não pode ser dito á animação, os personagens não tem peso, a atuação é muito exagerada á ponto de você querer rir, e não há sincronização labial entre a animação e os personagens.
E eu não estou surpreso que esse filme tenha fãs, eu entendo o que eles apreciam neste filme ou o que ele tentou fazer, mas se tem falhas, as vezes não dá para ignorá-las, é o caso desse filme, EI! E a Disney até sacaneou eles com um edição especial xexelenta que só vem com uma cena furreca e um jogo besta!
Bem, por isso é só pessoal, espero que tenham gostado dessa minha analise, e fiquem ligados para a minha próxima matéria,

You Might Also Like

0 comentários

alguem comentou ? AAAH obrigada por comentar !!!

Popular Posts

Postagem em destaque

As 14 Heroínas Mais Poderosas dos Quadrinhos

O mundo dos quadrinhos não é feito só de super-heróis. Na verdade uma das partes mais importantes deste universo fictício são mesmo as  s...

Posts mais vistos