Autores e suas novelas: Manoel Carlos

17:28

Nos sabemos de cor o estilo de cada autor de novelas sendo mais os da globo então vou fazer um post mostrando com cada autor interage em suas novelas

Manoel Carlos

ou simplesmente Maneco e seus  trabalhos são conhecidos por retratar a sociedade carioca neste período onde maioria se passa no bairro do Leblon
Dono de grandes folhetins tais como Felicidade, Sol de Verão, Baila comigo, Historia de Amor, Por Amor,  Laços de família, Mulheres Apaixonadas, Paginas da Vida, Viver a Vida e a sua próxima Em família... Suas novelas se passam entre núcleos da alta sociedade muito bem sucedidos e retrata de temas do cotidiano isto é, Homoxesualismo, Lesbianismo, agressão domestica, traição, câncer, preconceito racial, preconceito a idosos, alcoolismo e romances entre rapazes mais velhos e mais novos. E claro as suas Helenas. Em suas novelas se tornou marcante trilhas sonoras com grandes sucessos da Bossa Nova

Sobre suas Helenas

   "Só a Regina Duarte fez três. Eu também gostei muito da Helena vivida pela minha queridíssima amiga, já morta, a Lília Lemmertz, em “Baila Comigo”. Também me lembro muito bem da Vera Fischer, em “Laços de Família”, e da Maitê Proença, em 1991, em “Felicidade”, além da minha querida Christiane Torloni, de “Mulheres Apaixonadas”, e a minha mulata Tais Araújo em "Viver a Vida". Eu tenho Helenas muito boas. Dá para gostar de todas"

Um tipo de personagem marcante na trama do autor é o de uma menina revoltada, rebelde e muito difícil de lidar.
Esse tipo já foi vivido por Vivianne Pasmanter, como a nefasta Laura, de Por Amor que vivia para separar Marcelo, seu grande amor, de Eduarda. A vilã chegou a engravidar de Marcelo para separá-los, mas o amor deles foi mais forte. Além da nefasta Laura, Vivianne Pasmanter também viveu a personagem Débora, de Felicidade, a moça que, depois do reencontro de seu amor Álvaro com Helena, não deu mais paz a esta, tentando matar sua filha Bia, além de fazer ameaças e no fim tentar matá-la; pela atriz Deborah Secco em Laços de Família, como a rebelde Íris que infernizou a vida da sobrinha Camila por ela ter roubado o namorado da mãe Helena; por Carolina Ferraz como a rica e mimada Paula, capaz de qualquer loucura para manter seu relacionamento com Carlos Alberto; por Regiane Alves,em Mulheres Apaixonadas, como a terrível Dóris que maltratava os avós; por Danielle Winits como a ambiciosa Sandra que humilhava pessoas e pais por crescer subir na vida em Páginas da Vida; e por Adriana Birolli, como a invejosa Isabel de Viver a Vida, que tinha inveja das duas irmãs por estas terem mais atenção dos pais do que ela. Segundo ele, estes personagens são inspirados em sua filha, a atriz Júlia Almeida

You Might Also Like

0 comentários

alguem comentou ? AAAH obrigada por comentar !!!

Popular Posts

Postagem em destaque

Série fotográfica sem tabus mostra como era ser jovem nos anos 70

Como fazer um registro fotográfico verossímil e autêntico dos jovens dos anos 70 sem cair nas armadilhas dos clichês? A resposta é o t...

Posts mais vistos