Extensão vocal dos cantores mexicanos

11:46


     

Christian Chavez era a melhor voz masculina o extinto grupo teen mexicano, RBD, surgido a partir da telenovela rebelde, remake da rebelde way. O cantor se destacava por alcançar as notas mais altas entre os 3 meninos e possuir melhor controle de respiração e educação vocal mais avançada, razão pela qual solou mais músicas que os outros.

Tipo de Voz: Tenor
Extensão Vocal: (G#2-C5) - 2,3 oitavas


    

Poncho tinha sem duvidas um vocal muito agradável apesar da pouca educação. O cantor mostrou pouca visibilidade e versatilidade vocal dentro da banda, mas o pouco que pode mostrar seu talento vocal, pra se concluir que sua voz é de tom médio, sem muita identidade, porém muito agradável aos ouvidos.

Tipo de Voz: Barítono
Extensão Vocal: (G2-B4) - 2,2 oitavas


    

Christopher Uckermann era a voz mais pobre do grupo no quesito educação, porém sua voz, baixa e soprada tonava-se agradável aos ouvidos em certos momentos. Em notas graves possuía pouca ressonância ou controle dos graves e em notas agudas usava o falsete para poder alcança-las.

Tipo de Voz: Baritono
Extensão Vocal: (E2-A5) - 2,0 oitavas



    


Belinda quando era mais jovem, esbanja poderio vocal, com sua habilidade de sempre tirar na garganta notas bem altas, que acabavam soando um pouco estridentes, com o passar do tempo, modelo sua voz, com perfeição, passando a fazer mais o uso da voz de peito. 

Tipo de Voz: Mezzo-Soprano
Extensão Vocal: (F3-F6) - 3 oitavas

Maite Peroni era das três meninas de ouro do México a que menos possuía possibilidade vocal, tanto que no primeiro álbum do RBD, ela tem apenas um solo, sendo que na versão de estúdio as partes que ela cantava na Tour Generation quem fazia era Anahi. Com o passar dos anos, ela passou de uma simples contralto sem qualquer surpresa vocal para uma mezzo, tendo educado muito bem a sua voz ao passar dos anos de jornada na banda, conclusão que tomamos quando podemos ouvi-la nos últimos discos da banda e seu disco solo, aonde a cantora e também atriz exibe uma voz menos forçada e com poder nas notas graves e agudas.    

Tipo de Voz: Mezzo-Soprano
Extensão Vocal: (D3-F5) - 2,2 oitavas

    

Com um timbre muito peculiar e várias facetas vocais, Dulce Maria se destacava por ser a integrante do RBD que esbanjava o maior número de técnicas vocais e controle na sua respiração, sem contar do seu poderoso poder na voz de peito e cabeça. Dulce sabia bem manusear seus vocais, quase não aderindo ao falsete. Com bom controle no vibrato, seu único defeito vocal seria realmente seu timbre, similar a Britney Spears (porém educadamente falando)  quanto maior  a nota musical fosse, maior anasalamento vocal sua voz apresentaria. 

Tipo de Voz: Mezzo-Soprano
Extensão Vocal: (C#3-F#5) - 2,4 oitavas

    

Anahi era a menina dos olhos do produtor do RBD Pedro Damián, sucesso desde a infância já estava no ramo da música e seu álbum Baby Blue havia se tornando um sucesso teen entre os mexicanos. Mas antes de ser uma das vocalistas da Banda, Anahí ainda não havia impressionado muito vocalmente. Com um timbre rouco e uma voz mais emponderada para o grave nos seus dois primeiros cds, ainda não havia mostrado o seu poder vocal. Apesar de que no seu primeiro cd, "Hoy Es Mañana?" ela já havia dado as provas de que era uma boa vocalista, usando até mesmo Registro de Apito (whistle, muito usadi por Mariah Carey) na canção Descontrolodóte (Radio Version) Foi somente na entrada do RBD que Any mostrou todo seu talento vocal, que veio se moldando ao passar dos tempos, pois sua voz não esbanjava muita educação. Alcançou toda vida tons mais altos que Dulce maria, porém de uma maneira gritada, sem usar a voz de cabeça ou peito. Com o passar do tempo já no álbum Emprezar Desde Cero, Anahí já esbanjava uma poder vocal imenso, com boa potência e respiração. Hoje em dia podemos observar a maneira maleável como ela conduz a música com seu vocal rouco e dramático, em canções como Absurda, Eres e Temblando. Se suas exclamações fossem contadas como vocais, ela seria facilmente o vocal mais poderoso de sua era.

Tipo de Voz: Mezzo-Soprano
Extensão Vocal: (C3-A6) - 3,5 oitavas



Thalia é rainha por onde passa, nas novelas, na música e nos vocais. Seu poderio vocal impressiona.
Durante sua carreira ela teve notas mistas chegando a alcançar  notas bem altas com um ressonância poderosa, até mesmo um F#5 e um G5 ao vivo e e um G#5 em "Déjame Escapar(http://goo.gl/3FzKmw) Aqui pode ser visto isso. Tem uma voz de cabeça bem limpa. Os graves, então? Bem firmes ali pelo E3, se estendendo ao C3 e se arriscando até no registro basal. As notas em fry dela eu não considero e nem medi, mas ela é capaz de executá-las, pelo visto. Já o registro de apito, também utilizável em sua voz rs foi emitido em uma faixa de um de seus álbuns de estúdio, na qual ela emite diversos C7 metálicos e potentes (que soam um pouco até como um "grito"). Ainda falando de whistles, ela emite estas notas em forma de exclamação também, como em "Marimar", canção na qual ela faz Bb6 e B6, mesmo ao vivo. Óbvio que são notas exclamativas, mas são intencionais e parte da canção. Ah, ainda há um suposto C8 dela, mas não creio ser voz tal nota. Pois é, nem só de lágrimas de sofrimento das suas personagens é feita a carreira desta mexicana.

Tipo de Voz: Mezzo-Soprano
Extensão Vocal: (C3-C7) - 4 oitavas



You Might Also Like

8 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos