As Maiores Baleias Que Existem...

20:09


O ponto mais alto do pódio é ocupado pela baleia-azul, que é não só a maior baleia como o maior animal do planeta. O maior exemplar já encontrado tinha incríveis 33 metros de comprimento – o tamanho de um jato comercial ou de quase três ônibus enfileirados -, mas a média, em idade adulta, fica entre 24 e 27 metros. 

As baleias são mamíferos marinhos pertencentes à ordem Cetacea, que se divide em duas subordens: os misticetos, que reúnem as “verdadeiras baleias”, e os odontocetos, que agrupam os golfinhos, os botos e o cachalote. “A diferença entre esses dois grupos é que os odontocetos possuem dentes na boca, enquanto os misticetos têm fileiras de cerdas ou barbatanas, usadas para filtrar seu alimento, principalmente plâncton e pequenos peixes”, diz o biólogo Leonardo Wedekin, do Instituto Baleia Jubarte. 
Respeitando essa divisão, deixamos o cachalote fora do Top 10 desta página, porque, embora ele seja um cetáceo e se pareça com uma baleia, do ponto de vista biológico, não pode ser enquadrado neste grupo, exclusivo dos misticetos.

1. BALEIA-AZUL – Balaenoptera musculus
Tamanho – 24 a 27 metros
Peso – 100 a 120 toneladas
Do tamanho de um Boeing 737 e pesando o mesmo que 25 elefantes juntos, a baleia-azul é o maior animal do planeta. Tudo nela é superlativo: sua língua pesa 4 toneladas e, diariamente, ela come 4 milhões de krills, um tipo de camarão. Os filhotes sugam 230 litros de leite por dia, o que faz com que engordem 4 quilos por hora.

2. FIN – Balaenoptera physalus
Tamanho – 18 a 22 metros
Peso – 30 a 80 toneladas
Na vice-liderança do ranking, a baleia fin ganha de todas quando o assunto é longevidade. Ela é capaz de viver mais de cem anos. Outra curiosidade sobre ela é seu poder de comunicação. Os pulsos de baixa freqüência que emite são tão fortes que outra baleia da mesma espécie consegue captá-los a 850 quilômetros de distância.

3. BALEIA-DA-GROENLÂNDIA – Balaena mysticetus
Tamanho – 14 a 18 metros
Peso – 60 a 100 toneladas
A baleia-da-groenlândia leva esse nome porque só é vista em torno dessa grande ilha localizada no Atlântico Norte. Robusta, ela é capaz de quebrar placas de gelo de 30 centímetros de espessura quando vem à superfície. E é uma das poucas espécies capazes de ter mais de um filhote por gestação.

4. SEI – Balaenoptera borealis
Tamanho – 13,4 a 18 metros
Peso – 20 a 30 toneladas
Encontrada em praticamente todos os oceanos, esta baleia evita as águas geladas dos pólos. Ela é um dos cetáceos mais velozes, capaz de atingir mais de 50 km/h. Mas não é chegada a mergulhos profundos: costuma se alimentar em águas próximas da superfície e permanece submersa por no máximo dez minutos.

5. BALEIA-FRANCA-DO-NORTE – Eubalaena glacialis
Tamanho – 11 a 18 metros
Peso – 30 a 80 toneladas
O esguicho de uma baleia-franca-do-norte é inconfundível: pode chegar a 8 metros de altura e tem a forma de V graças aos dois orifícios que ela possui na cabeça. Outra característica da espécie são as calosidades ou “verrugas” existentes no alto e nas laterais da cabeça. Elas funcionam como uma espécie de “impressão digital”

6. BALEIA-FRANCA-DO-SUL – Eubalaena australis
Tamanho – 11 a 18 metros
Peso – 30 a 80 toneladas
Os machos desta espécie são os donos dos maiores testículos do reino animal: o par pesa uma tonelada. Como se desloca muito lentamente, é uma presa fácil. Por isso, quase foi extinta: na primeira metade do século 19, estima-se que 45 mil foram mortas, mas, desde meados do século passado, ela é protegida por convenções internacionais.

7. JUBARTE – Megaptera novaeangliae
Tamanho – 11,5 a 15 metros
Peso – 25 a 30 toneladas
Comum na costa brasileira, para onde nada no verão a fim de acasalar, a jubarte tem como aspecto marcante as enormes nadadeiras peitorais, que podem chegar a 5 metros. Por conta da caça indiscriminada, a população desta espécie, conhecida por seu temperamento dócil, caiu de 150 mil indivíduos, no século passado, para cerca de 25 mil atualmente.

8. BALEIA-DE-BRYDE – Balaenoptera edeni
Tamanho – 11,5 a 14,5 metros
Peso – 12 a 20 toneladas
Caseira, a baleia-de-bryde não tem ciclos migratórios e passa o ano todo em águas tropicais ou subtropicais. Seu nome é uma homenagem a Johan Bryde, que ajudou a construir o primeiro porto baleeiro da África do Sul. É comum ver feridas no seu corpo, causadas por parasitas e dentadas de tubarões.

9. BALEIA-CINZENTA – Eschrichtius robustus
Tamanho – 12 a 14 metros
Peso – 15 a 35 toneladas
Encontrada apenas no Pacífico Norte, esta espécie faz um dos maiores ciclos migratórios entre todos os animais do planeta. Todos os anos, grupos de baleias-cinzentas nadam do mar de Behring, no Alasca, onde se alimentam no verão, à costa do México, local escolhido para o acasalamento – 20 mil quilômetros, ida e volta.

10. MINKE – Balaenoptera acutorostrata e Balaenoptera bonaerensis
Tamanho – 7 a 10 metros
Peso – 5 a 10 toneladas
A minke divide-se em duas espécies, cada uma presente em um hemisfério. Sua principal característica morfológica é a cabeça estreita e pontiaguda e o corpo afilado e hidrodinâmico. Quando está caçando, é capaz de ficar 20 minutos submersa. Ela é facilmente observável porque costuma se aproximar das embarcações.

You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos