A Incrível carreira de Anahí

21:28





Anahí Gíovanna Puente Portilla antes de ser uma RBD, já era bem famosa, a garotinha desde a infância esteve envolvida no meio artístico. Tudo começou quando a mesma tinha apenas dois anos e ia acompanhar a sua irmã nas gravações da série chiquilladas e durante os intervalos ela pegava a escova e começava a cantar, daí então não parou mais, encerrava o seriado que ia ao ar aos sábados com sua canção ''Te Doy Un Besito''. Desde então ela conquistou todos com sua carisma e seu desejo pelo talento inato, fez diversos comerciais e se tornou garota propaganda para a Pepsi-Cola.  Depois atuou em Lã Teralana e Súper Ondas. Participou também de filmes, como Assassinato a Sangue Frio e Hávia Também Uma Estrela.



Em 1991 ganhou o prêmio Pata de Oro, por seu destaque como atriz infantil, no mesmo ano gravou o filme Nascidos Para Morrer.  Ainda em 1991 ela atuou na telenovela Pícara Sonhadora, Em Garotas Bonitas e Madres Egoístas.

 Em 1992 atou em uma série de filmes, inclusive ao lado de sua irmã e então ela protagoniza sua primeira novela a pedido de Pedro Damián, Angeles Sin Paraiso e lança seu primeiro álbum, auto-intitulado.

Anahí durante as gravações de Anjos sem Céu.


Anahí ao lado de Felipe Colombo.

Já em 1995 Anahí grava a telenovela Alondra com 12 anos, esta novela possuiu um grande êxito e foi sucesso em todo o país mexicano e vendida para vários países, fazendo que Any fosse conhecida em mais países latinos, tais como Venezuela e Espanha.

Anahí em 1995


Logo em seguida em 1996, ela lança seu primeiro álbum de sucesso e seu segundo álbum de estúdio, o grandioso'' Hoy Es Manaña? '' Ele foi comercializado apenas no México, mas teve um sucesso grande, ainda mais com Hit Corazón de Bombom que alcançou bons números e posições nas rádios (em primeiro lugar) e diferente das outras cantoras iniciantes ela já era um sucesso. Apresentando sempre em programas de TV ou dando entrevistas  teve o um dos álbuns mais vendidos daquele ano. O álbum explorava o pop latino da época e o teen pop, mas também é na verdade uma compilação de ritmos eletrônicos, isto é, o álbum era um explorado que reunia vários tipos de sons electros. As faixas mais interessantes são Descontrolodote, Por Volverte a Ver, Máscaras e o grande Hit Corazón de Bombom, que a própria Anahí disse recentemente em uma entrevista que não acreditava no potencial desse hino, dizendo que achava ser uma música muito boba, mas que ficou surpresa com a proporção que a música tomou. Para ouvi-la Clique Aqui.


Capa do álbum Hoy Es Manaña?


No mesmo ano Anahí participou da telenovela Tú y Yo, fazendo o papel de uma garota mimada e chata, que queria tudo na hora em que queria. Veja abaixo um treco de sua atuação na telenovela.




Em 1997 gravou a telenovela  Pequena Travessa e lançou seu terceiro álbum Anclado em Mi Corazón que não foi um sucesso e nem obteve um grande hit, pela falta de divulgação do mesmo. o álbum foi gravado no teatro Alameda aonde também gravou seu primeiro VHS com o mesmo nome do álbum.

Em 1998 atuou na telenovela Vivo Por Helena, com 15 anos. Neste mesmo ano a mocinha parou de frequentar escolas e ter professores particulares em casa mesmo e posteriormente fazendo faculdade de Moda e formando-se em design de moda, isto é, estilista. No mesmo ano grava Una Pura Y Dos Con Sal.

Depois Any embarca direto para o elenco de Mujeres Enganadas e logo após ganha papel de destaque no papel da jovem mimada e inconsequente Adelia de Diário de Daniela, que foi um sucesso, e chegou ser comprada e emitida pelo SBT, posteriormente protagonizou ao lado de Dulce Maria o filme Inesperado Amor.

Anahí nas gravações de El diario de Daniela

Anahí em poster promocional de Mujeres Engañadas


Primier Amor, Baby Blue e Anorexia


Anahí Durante as gravações de Primier Amor

A mídia já estava sobre cada passo da mocinha prodígio que já era sucesso nos 4 cantos do México e logo a relação difícil com os paparazzis e fotógrafos da mídia já não era boa, o assédio era muito e a privacidade era pouca. Boatos sobre gravidez, brigas familiares e invejas entre as irmãs começavam a se propagar o publico a acreditar. Anahí foi vista em festas, bebendo e com garotos o que foi um escândalo na época, mas o que mais preocupava a mídia e o seus entes mais próximos foi o seu emagrecimento repentino entre 1998 para 1999. Os boatos sobre distúrbios alimentares começaram e ela claro sempre a negar, inclusive brigava com repórteres que tinham coragem de abordar sobre esse assunto, e logo tomou fama de antipática e chata pela mídia.

Anahí e Kuno Becker em poster promocional de Primier Amor.

Durante toda esta turbulência e desiquilíbrio da sua vida social ela foi chamada por Pedro Damián para protagonizar a novela Primier Amor ( A Mil Por Hora)  que era uma remake de Quincerenã (da Thalia e da Adela Noriega) ao lado de Ana Lavayeska e Kuno Becker, juntos os dois gravaram o Hit Juntos, que ajudou na divulgação da novela e junto com esse marketing ela lança o seu quarto álbum de estúdio Baby Blue, que tinha uma temática completamente diferente de tudo o que ela já havia lançado ou do que estava rolando no mercado comercial mexicano na época. O Álbum possuía a faixa que era o título de abertura, Primier Amor e também o hit atemporal Superenamorándome, que foi sucesso em todas as rádios do México. A novela se tornou um sucesso (maior do que o sucesso de RBD).

Em 2001 foi chamada para viver a problemática Jéssica Riquelme em Classe 406, uma jovem órfã de mãe, milionária caprichosa e de coração frio, que ao decorrer da trama vai se transformando em uma pessoa mais dócil e amável, humilde e generosa.

Capa de Baby Blue

Foi então no final das gravações de Primier Amor, e no começo das gravações de Classe 406 em 2001 que seu peso começou a incomodar até mesmo a sua família. Any estava completamente obcecada pela magreza, ela chegou a pesar 35 quilos e finalmente foi diagnosticada com Anorexia Nervosa, e ela enfim, aceita tratamento, passou por cinco tipos de tratamentos diferentes para pode se recuperar, mas havia dificuldades com isso. Ela se afasta das gravações em busca de uma salvação, seu estado estava deplorável, então, sem mais. no dia 29 de abril de 2001, após um período de férias com sua família a mocinha teve sensações de desmaios e foi levada ao pronto socorro com urgência aonde seu coração parou por 8 segundos e depois voltou a bater, ou seja, ela morreu e depois ressuscitou.

Ainda sim Baby Blue, apesar da falta de divulgação fez um sucesso imenso e vendeu mais 100.000 cópias em todo México. E recebeu várias comparações com a Diva e veterana Thalia, especialmente na música Como Cada Día, além muitas críticas positivas.

Esta colagem mostra perfeitamente as mudanças do rosto de Anahí, causada pela anorexia, nos começos das gravações de Clase 406, durante o período de internação e depois no começo das gravações de Rebelde.

''8 segundos…o meu mundo parou, mas lutei e saí com meus próprios pés, eu fui buscar uma firmeza interior, que nem sabia que tinha. O primeiro passo foi assumir: sim, eu tenho, mas vou sair dessa e seguir adiante.  Hoje, não tenho mais medo, pois sei que posso ser mais forte que ela. Deus me deu uma segunda oportunidade e neste momento soube que era por algum motivo, era para fazer feliz muitas pessoas, que como eu, necessitavam de um abraço. Estou sempre em tratamento, me monitorando, porque, assim como ocorre com outros vícios, sei que terei que conviver com a sombra dessa doença até o fim.
Batemos palmas para os esteriótipos, mas quando vemos alguma pessoa passando por esse transtorno, dizemos que estão loucas. Há uma doença, que a cada dia se torna mais comum. É facil, pra quem está de fora julgar, mas só quem sofre na pele, sabe o quão devastadora pode ser. Durante onze dias eu não comia nada, depois comia só um dia e, é claro, botava pra fora tudo que comia. Além de um problema físico, é também um problema psicológico. ''
*Anahí durante o documentário “Obsessões: Corpos que Gritam” do canal Nat Geo.*

Rebelde, a RBD e Depois


Com  seu ótimo desempenho em Primier Amor e Clase 406, Pedro chama Anahí para um papel protagonista na telenovela Rebelde, remake do sucesso argentino Rebelde Way, mas esta versão mexicano acabou superando as expectativas e se consagrando um grande sucesso mundo a fora.
Ela interpretaria a típica patricinha norte americana, uma coisa que não acontece no México, fútil, que ama ir as compras e tem lá os seus ''projetos'' e se vê encurralada ao se apaixonar por um garoto pobre que a deseja matar e virar melhor amiga de sua pior inimiga Roberta interpretada novamente por sua companheira de sempre Dulce Maria.



Ao ter que formar uma banda a RBD, que foi formada a par da novela para ajudar na divulgação da mesma, o sucesso desta foi tanto que se destacou mais do que a novela e posteriormente haveria de se tornar a banda mais aclamada entre os adolescentes de todo o mundo.


Gravou os sucessos Enseñame e Sálvame (que fala de sua nova oportunidade de viver), que foram grandes destaques do primeiro álbum do grupo musical, o Rebelde; que explora um pop teen e pop rock. Ela lança uma campanha contra a anorexia e abre um instituto.
Em seguida em 2005, lançaram o Nuestro Amor que explora um lado mais rock da banda. Esse segundo álbum serviu de trilha sonora (além das outras fora da banda) para a segunda temporada da novela. Nesta segunda temporada Anahí tomou um visual mais patricinha ainda, deixando as madeixas completamente loiras, ainda neste período ela se recuperava da total anorexia, que ainda a perturbava.




Com seu trabalho com a RBD, recebeu diversos discos de platina, ouro e dois de diamante, visitou mais de 23 países, vendeu mais de 15 milhões de discos, 4 milhões de DVDs, 17 milhões de downloads na internet, ganhou uma versão da Barbie e em 2007 foi considerada pela Mattel Entreteniment a Barbie Humana. O disco Celestial fez sucesso astronômico mesmo nos estados unidos e Ser o Parecer se tornou um hino por todo o mundo, ele visava um estilo pop rock norte americano.



Depois do final da novela, Anahí ainda protagonizou a série La Família, que visava mostrar a vida deles fora da novela. Em 2007 criou uma loja, Anahí World e em 2008 encerrou seus trabalhos no grupo RBD. Logo em seguida recebeu uma proposta de protagonizar a novela Cuidado com o Anjo, mas ela nega e acaba indicando a amiga Maite Peroni.  Ela deixa bem claro que não quer mais fazer telenovelas ao negar o papel principal de Verano de Amor. Lançou 3 coletâneas que foram muito bem sucedidas.



Em 2009 lançou o seu quinto álbum de estúdio Mi Delírio  o novo single fez com que a Diva voltasse ao Brasil, com os Singles Mi Delírio, Quiero e Mi Hipnotizas ela conseguiu se manter majestosamente, mas foi com Alergico,uma balada romântica que conseguiu se tornar um super hit no mundo todo e alcançar a posição 2 nas rádios mexicanas.


Capa do álbum Mi Delírio

O Clipe de Mi Delírio foi um sucesso, apesar de polêmico, e recebeu muitas críticas negativas.
Ela se consagrou por ser a segunda mexicana a conseguir disco de ouro no Brasil, a primeira foi Thalia. Em 2012, depois de sua tour pelo mundo, ela aceitou participar obrigatoriamente da telenovela Dos Hogares no papel principal. Ela não demonstrava satisfação e não queria participar mais de novelas, mas por causa de seu contrato teve de submeter a fazer pelo menos uma. A novela marcou a volta da atriz na TV e um novo estilo de fazer novela, mas não agradou muito e acabou sendo um fracasso.

Ela ainda foi chamada para ser a primeira embaixatriz latina a fazer parte do The-Non-Violence, percorrendo o mundo todo em busca da paz. Ainda gravou o Hit Libertad com o Christian que falava de aceitação gay. A atriz se mostrou uma grande defensora e apoiante da cultura LGBT.

Em 2013 ela se relaciona com o governador de Chiapas e se afasta dos holofostes da fama, apesar de ter sido nomeada a tuítera mais famosa de 2014.

Ainda em 2013 a diva lançou a obra de arte Absurda, e anunciava um novo álbum, mas acabou cancelando tudo e voltando para a sua vida em anonimato.

Em 2014, Anahí apresenta para o mundo através de seu canal no Youtube o projeto Sálvame. Junto com o governo de Chiapas ele deu voz as crianças do mundo.

Em 2015 ela se casa em uma cerimônia restrita com o governador de Chiapas Manuel Velasco. um mês após se casar ela divulga em seu canal o lyric de ''Estan Ahí?'' em agradecimento  aos fãs, após dois anos sem lançar nada. Em 48 horas a música se tornou #1 no iTunes Brasil e México.

Em 2015 ela volta aos palcos no prêmio juventud pra performar Rumba, seu novo single. Ainda lançou o single promocional Boom Cha ao lado de uma funkeira brasileira. Depois o quarto Single se torna Eres e obtêm um grande sucesso nos charts musicais do México.  Em 3 de junho de 2016 ela lança o seu sexto álbum Inesparado e o seu último single, Amensia.

Anahí durante sua apresentação de Rumba.

Sem um turnê Inesperado não vendeu tanto quanto Mi Delírio, mas foi muito bem sim. E depois de uma gravidez, um sonho de Anahí, prejudicado por causa de seu distúrbio alimentar. Agora ela se dedica em ser mãe, mas continua sendo sempre nossa Mia Colucci. Anahí, te amamos.











You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos