O PÉ-GRANDE EXISTE? VEJA O QUE A CIÊNCIA DIZ SOBRE O ASSUNTO

23:50


Você acredita que o pé-grande possa existir? Há diversos relatos, especialmente nos Estados Unidos, em que pessoas afirmam terem visto uma criatura alta, bípede e coberta de pelos.
Muitas vezes, os relatos são situados próximos as florestas, onde possivelmente o pé-grande poderia se esconder das pessoas. Vários vídeos sobre o ser rodam pela internet – muitos deles são amadores, com baixa qualidade visual.
Há, também, várias reportagens e séries sobre o pé-grande. Material é o que não falta. Mas uma coisa chama atenção: por que não temos uma prova concreta de que este ser realmente possa existir?
Algumas pessoas disseram ter vistos marcas e rastros deixados pelo pé-grande. Provas já foram recolhidas e analisadas pela comunidade científica. Testes de DNA e moldes em comparação foram feitos.
Mas o que poderia ser o pé-grande? Há quem diga que seja um ser primitivo, parente dos primatas atuais, chamado de Gigantopithecus, que não tenha entrado em extinção. Ou pode não ser nada disso.
Vamos tentar desvendar o mistério a partir das informações existentes:

Pé-grande e Yeti

Considerado parente do pé-grande, o Yeti, também conhecido como “abominável homem das neves”, é um outro ser que aparece em diversos documentários e relatos de várias pessoas ao redor do mundo. Só que esse ser viveria nas zonas frias do mundo, como Nepal e Canadá, por exemplo.
O Yeti teria características parecidas com as do pé-grande, mas sua pelagem seria cinzenta. Um dos famosos relatos é de uma mulher chamada Ludmila Hristofovora, que afirmou ter visto um Yeti caminhando próximo a uma floresta, em uma região de acesso difícil na Rússia.
Em seu relato, Ludmilla afirmou ter ouvido um barulho em volta do local que estava, e quando foram verificar, existiam marcas de pegadas no chão com mais de 5 centímetros de profundidade. Além de ter o vídeo, ela disse que não haviam pessoas e nem animais no local. Pouco depois, o grupo fez um molde da pegada com gesso e entregou para análises.

Farsa

Com relação ao pé-grande, uma farsa chamou a atenção. Nos Estados Unidos, um homem chamado Rick Dyer afirmou ter capturado o ser e estar em posse da carcaça.
No entanto, tratava-se de uma farsa. O homem fez isso para chamar a atenção e ainda obteve um lucro de US$ 20 mil.

Mas existe ou não?

Não existem provas concretas de que o pé-grande realmente exista. Os pelos e as pegadas encontrados e atribuídos ao ser, na verdade, são de animais silvestres.
Já os Yeti avistados no Canadá são animais grandes, como ursos polares e pardos, primatas ou até mesmo rochas cobertas de neve.
Um estudo publicado pela Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences usou mais de 30 amostras de pelos atribuídas ao pé-grande. Os testes só indicaram que os vestígios eram de ursos, cachorros e porcos-espinhos.
A ciência garante: o pé-grande não existe.

You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos