Os 10 livros mais vendidos da história

20:40



Todos os dias milhares de livros são vendidos ao redor do globo. Embora algumas mídias tenham substituído os tradicionais livros de papel, ainda há muitos que se apoiam nesse tipo de literatura. Afinal, não tem coisa melhor do que sentir o cheiro de um livro novo. É por isso que tantas unidades ainda são encomendadas pelos consumidores.
São tantas, mas tantas unidades que é possível até formular um ranking com as obras mais vendidas. É exatamente isso que vamos fazer aqui. Pesquisamos nessa vasta internet e encontramos uma lista com os 10 livros mais vendidos da história. É lógico que a chegada de uma nova obra literária pode mudar completamente esse ranking.
Foi isso que aconteceu com a chegada de sagas, como “Harry Potter”, “O Senhor dos Anéis”, “O Hobbit” e “O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa”. Embora não sejam obras tão novas, elas ainda foram escritas há pouco mais de 50 anos. Isso teoricamente as colocaria em desvantagem diante de outros livros listados. Mas chega de papo, e vamos para a lista, começando pelo décimo lugar.

10. O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (C.S. Lewis) – entre 75 e 90 milhões



Conhecido formalmente como o primeiro livro da série “As Crônicas de Narnia”, essa obra foi escrita pelo britânico C.S. Lewis na década de 40. O livro conta a história de quatro irmãos que estão fugindo dos bombardeios em Londres da 2ª Guerra Mundial. Ao se afugentarem na casa de um professor que mora no campo, acabam descobrindo uma passagem secreta que os leva para um mundo de fantasia. O livro foi traduzido para 41 idiomas em todo o mundo.

9. O Hobbit (J.R.R. Tolkien) – entre 90 e 100 milhões



Na cronologia de J.R.R. Tolkine, “O Hobbit” é a história que precede os acontecimentos de “O Senhor dos Anéis”. A obra recebeu adaptações para quase todos os formatos. Além de teatro e rádio, a versão que ganhou mais destaque foi a dos cinemas. Dirigido por Peter Jackson, o mesmo que da outra trilogia de Tolkien, os três filmes foram: “Uma Jornada Inesperada” (2012), “A Desolação de Smaug” (2013) e “Lá e De Volta Outra Vez” (2014).

8. A Casa dos Dez Negrinhos (Agatha Cristie) – entre 90 e 120 milhões



Publicado em 1939, essa obra de Agatha Cristie gerou polêmica por causa do título. O livro conta a história de dez pessoas diferentes que receberam um mesmo convite para passar um fim de semana em uma ilha misteriosa. De repente, durante o jantar da primeira noite, uma voz acusa uma dessas pessoas de um crime oculto cometido no passado. Na sequência, diversas mortes sucessivas acontecem. O mistério passa a ser quem está cometendo esses assassinatos e qual é o crime cometido pelo culpado. Nos Estados Unidos, o livro teve que mudar de título, passando a se chamar de “E não sobrou nenhum”.

7. Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K. Rowling) – entre 110 e 130 milhões


Provavelmente o livro mais recente dessa lista, “Harry Potter e a Pedra Filosofal” é a primeira obra da saga do bruxo mais famoso do mundo. Criado por J.K. Rowling, o título conta a história de um menino que sobreviveu ao ataque do feiticeiro mais maligno de todos. Crescendo em uma família que o rejeitou, logo ele descobre que o seu destino é enfrentar novamente esse bruxo em uma batalha em que um dos dois terá que deixar de existir.

6. O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien) – entre 150 e 170 milhões



J.R.R. Tolkien é o único autor que se repete nessa lista dos 10 livros mais vendidos na história. “O Senhor dos Anéis” conta a sequência de “O Hobbit”, uma trama que envolve destruir um anel maligno que tenta dominar qualquer um que o utiliza. As obras – estamos falando de uma trilogia – ficaram muito conhecidas por causa dos filmes. Três adaptações foram criadas: “A Sociedade do Anel” (2001), “As Duas Torres” (2002) e “O Retorno do Rei” (2003).

O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupéry) – entre 150 e 180 milhões



A obra do francês Antoine de Saint-Exupéry é uma das obras mais traduzidas da história. O livro conta, por meio de uma narrativa poética, uma visão diferente do mundo. O objetivo é levar o leitor a mergulhar no próprio inconsciente, algo que a obra consegue fazer. Embora tenha sido escrita para um público infantil, a mensagem transmitida é universal e serve para todas as idades.

4. Um Conto de Duas Cidades (Charles Dickens) – entre 180 e 250 milhões



Publicado no ano de 1859, esse livro de Charles Dickens é um romance histórico que trata de sentimentos como culpa, vergonha e retribuição. A trama se passa entre 1775 e 1793 e retrata a época da independência americana até a Revolução Francesa. Em “Um Conto de Duas Cidades”, o autor tenta fugir do posicionamento político, apresentando uma narrativa e observações de cunho social.

O Conde de Monte Cristo (Alexandre Dumas) – entre 200 e 250 milhões



Juntamente com “Os Três Mosqueteiros”, a obra “O Conde de Monte Cristo” é o livro mais conhecido de Alexandre Dumas. O livro narra a história de um marinheiro que foi preso de forma injusta. Após ganhar a liberdade, ele encontra uma fortuna em seu caminho. Em posse dessa riqueza, ele começa a arquitetar um plano para se vingar daqueles que o colocaram na cadeia.


Dom Quixote (Miguel de Cervantes) – entre 500 e 600 milhões



Composto por 126 capítulos, “Dom Quixote” é um dos livros mais velhos da lista. Publicado em 1605, a obra narra a história de Dom Quixote de La Mancha, um cavaleiro errante que perdeu a razão. Juntamente com seu fiel escudeiro, Sancho Pança, vive lutas imaginárias que somente a sua mente insana consegue criar. O livro fez um sucesso gigantesco, mas passa muito longe do primeiro lugar da nossa lista.

1. Bíblia Sagrada – 3,9 bilhões




O primeiro lugar desse ranking não poderia ser outro. Traduzido para mais de dois mil idiomas e dialetos, a Bíblia Sagrada ocupa o posto de livro mais vendido da história. Estima-se que quase quatro bilhões de unidades dessa obra tenham disso vendidas em todo o mundo. Para regular e garantir a verossimilhança das traduções com o livro original, cada país possui uma Sociedade Bíblica que trabalha para manter viva a tradição desse livro.

You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos