Que tipo de experimento os alquimistas realizavam?

10:38

Vários, mas o principal era tentar transformar outros metais em ouro.



Vários, mas o principal era tentar transformar outros metais em ouro. Para os alquimistas da Idade Média, todos os materiais orgânicos e inorgânicos eram compostos de enxofre e mercúrio. Logo, alterando a proporção desses elementos em um corpo, seria possível transformar qualquer coisa. Eles também consideravam a participação de forças divinas nos fenômenos que observavam ou tentavam provocar. Apesar desse aspecto místico, essa forma de conhecimento veio a se tornar a raiz da química moderna, deixando como herança processos utilizados até hoje, como a destilação e o banho-maria.



Da nojeira à vida
Segundo os alquimistas, essa mistureba (e uma dose de boa vontade divina) poderia dar origem a um novo ser: um homenzinho de 12 cm de altura. O homúnculo” era uma das obsessões desses estudiosos. Nomes respeitados da área, como o suíço Paracelso, batalharam arduamente na fórmula, mas nunca obtiveram sucesso.

Cobaia pra quê?
Para criar o soro da imortalidade, eles procuraram no lugar certo: em plantas e ervas raras (origem de muitos remédios atuais). Em alguns casos, testavam em si mesmos as substâncias que obtinham. Má ideia: vários morreram, porque haviam criado (e ingerido) ácidos, venenos ou compostos como nitrato de prata.

Protegida em Gringotes?
A busca por esse artefato místico foi talvez o grande objetivo desses misteriosos pesquisadores. Ele teria a capacidade de transformar qualquer metal em ouro e proporcionar a vida eterna. A pesquisa só rendeu lendas. Entre elas, a de que o francês Nicolas Flamel teria encontrado a tal fórmula.

Resultados reais
Nem tudo foi loucura e fantasia. Por mais que muitos experimentos pareçam piada hoje em dia, a alquimia foi a base da química moderna. Além de ter inventado procedimentos muito utilizados hoje, como destilação, banho-maria, sublimação e trituração, foi através dela que a porcelana foi criada, por exemplo, na Mesopotâmia

Penico em chamas
Em 1669, o alemão Hennig Brandt começou a destilar xixi, acreditando que, por ser amarelo, contivesse ouro em sua fórmula. Mas a conclusão foi outra. A urina contém detritos orgânicos e fosfatos, compostos que pegam fogo facilmente quando em contato com carbono. O alquimista havia descoberto o fósforo!

Descoberta explosiva
Na imaginação da maioria das pessoas, a alquimia está ligada à Idade Média europeia. Mas ela começou bem antes, em civilizações como a grega, a romana e a egípcia. Estudiosos chineses descobriram a pólvora entre os séculos 9 e 10 com o mix de elementos acima, que, segundo o taoísmo, teria propriedades espirituais.
FONTES Livros O Tesouro dos Alquimistas, de Jaques Sadoul, e Alquimia em Três Dimensões, de Antonio Siqueira, e revistas SUPERINTERESSANTE, GUIA DO ESTUDANTE e Pesquisa Fapesp

You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos