10 CURIOSIDADES SOBRE SAMURAI X!

22:25



Samurai X é um dos animes mais aclamados e renomados da história em todo o mundo, e desde sua estreia aqui no Brasil pela TV Globo, os fãs brasileiros adquiriram um carinho muito grande pelo anime que conta a história de Kenshin Himura, um ex-assassino conhecido como Battousai, O Retalhador, que ajudou a criar a Era Meiji no Japão e de como agora ele leva uma vida em paz como andarilho  (claro que isso acaba no primeiro episódio logo.). Então separamos algumas curiosidades sobre esse incrível anime pra você.


Espadas reais
Uma das coisas que mais chamam a atenção em Samurai X é a atenção que eles dão para cada tipo de espada, explicando as características de cada uma, e algumas dessas espadas de fato existem. A Sakabatou, a espada de lâmina invertida usada por Kenshin infelizmente não é uma arma real. Porém a Zanbatou usada por Sanozuke, por exemplo, existiu realmente e foi usada por cavaleiros. A arma fez aparição em diversas séries de mangás e anime como Lobo Solitário.


Planos originais
O anime de Samurai X é consideravelmente extenso, mas nem sempre a ideia original foi essa. O criador do mangá, Nobuhiro Watsuki pretendia produzir uma série curta. A história original imaginada pelo autor, Kenshin abandonaria o dojo Kamiya voltando a vagar pelo Japão. A imagem da partida seria a mesma utilizada por Watsuki na despedida de Kenshin de Kaoru, na saga de Kyoto. Mas o sucesso na Shonen Jump felizmente fez com que o autor estendesse a história.

Kenshin é uma mulher
Calma, calma! Não é bem isso que você imagina. Mas é que no Japão existe uma prática na dublagem dos animes que é até bem comum. Assim como Goku, Kurama, Naruto e outros personagens de animes famosos, Kenshin também foi dublado originalmente por uma mulher. Fazer a voz de Kenshin foi o primeiro trabalho de Susukaze Mayo que também canta a música Namida Wa Shitteiru do segundo encerramento da série animada. E como eu disse, é uma prática bastante comum. Aqui no Brasil também existem casos de mulheres dublando homens, mas geralmente crianças, mas por exemplo, a voz do Cebolinha é feito por uma mulher, a voz de Angemon no Brasil também é dublada por uma mulher.

O filho de Kenshin
No final da série, em um "episódio" especial de 3 minutos que foi lançado para fechar a história de Samurai X, Kenshin aparece casado com Kaoru, e eles tem um filho. Esse filho se chama Kenji Himura, que se tornaria rival de Shin-Ya Myoujin, filho de Yahiko e Tsubame. Os dois disputariam a posse pela Sakabatou em um futuro próximo, segundo informações do último making of da série, que também descreve as personalidades dos jovens Shin-Ya e Kenji, O filho do Yahiko é "Alegre e meio bitolado". Já Kenji terá uma personalidade "pior que a do Saito e mais egocêntrico que o Shishio", o que torna quase hilário imaginar Kenshin criando esse tipo de criança.


Personagens reais
Além das espadas e dos eventos históricos reais, Samurai X também tem personagens que existiram de verdade, dentre eles o ministro Toshimichi Okubo, Souji Okita que aparece nas memórias de Kenshin e Saito, o assessor Kawaji, o capitão Souzou Sagara, e até mesmo Hajime Saitou (esse da foto), todos eles são figuras históricas reais japonesas. Outros foram inspirados em pessoas que existiram de verdade, tais como Jin-E e Makoto Shishio (ambos inspirados em Kamo Seriwaza), Soujirou Seta (inspirado em Soujirou Okita), o próprio Kenshin que foi inspirado em Kawakami Gensai. Vamos aproveitar para falar um pouco mais sobre esse último.

Kawakami Gensai
A figura histórica que influenciou a criação de Kenshin Himura foi um dos maiores hitokiri do período Bakumatsu, no século XIX, no Japão. Hitokiri é um termo japonês para um "cortador" ou um assasino com espada. Ele ficou famoso pelo assassinato de Sakuma Shozan, onde ele cortou sua vítima ao meio em plena luz do dia usando um estilo de Battojutsu chamado estilo Shiranui. Depois da restauração Meiji, dizem que Kawakami não conseguiu esquecer de seus companheiros assassinados e de suas vítimas que ele matou. E por isso ele acabou se opondo muitas vezes ao governo Meiji. Já deu pra perceber de onde veio a inspiração para Kenshin Himura, não é?



O nome Samurai X
Muitas pessoas não reconhecem quando ouvem o nome Rurouni Kenshin (Andarilho Kenshin), exatamente por terem conhecido o anime apenas pelo nome de Samurai X. Nos Estados Unidos apenas o anime ficou conhecido como Samurai X, e o mangá foi lançado com o nome "correto": Rurouni Kenshin. Mas o autor, Nobuhiro Watsuki gostou deste nome "errado", por isso, usou este nome na obra seguinte "Busou Renkin" como uma Busou Renkin: Sword Samurai X.

Inspiração na Marvel
Sim minha gente, muitos personagens Marvel influenciaram na criação de alguns personagens de Samurai X. Isso porque o criador é um grande fã dos quadrinhos ocidentais e inclusive tinha coleção de action figures de x-men e do Spawn. APor exemplo, Jin-E Udou (cuja roupa colada foi inspirada na do Gambit), Hannya (cujas garras foram inspiradas no Wolverine), Hyottoko (inspirado no Hulk), o sobretudo de Aoshi (inspirado também no Gambit), Akamatsu (inspirado em Omega Red), além da capa utilizada por Seijuurou Hiko que foi inspirada na de Spawn.

Dificuldades técnicas
Nem sempre uma determinada cena de anime ou uma saga sai como planejada originalmente, e na maioria das vezes isso se dá a decisões criativas, ou até mesmo impecílios das produtoras, mas às vezes o motivo é bem mais simples. Por exemplo, na saga de Kyoto, Watsuki pretendia fazer a luta na Fragata Purgatório (Heigoku) ser mais longa, o que deixaria os espectadores muito mais felizes, mas o que acontece é que devido ao fato da fragata ter sido muito difícil e complicada de desenhar a luta acabou tendo que ser encurtada.

Censura
Muitos de nós conhecemos Samurai X quando passava na TV aberta pela Rede Globo, e alguns outros conheceram quando o anime foi exibido pelo Cartoon Network. Na exibição da Globo, várias cenas violentas foram cortadas devido à Classificação Indicativa, inclusive eu mesmo vi cenas recentemente que eu não lembrava de ter visto na Globo agora que estou revendo na Netflix, como por exemplo quando Saito encrava a espada na cabeça de um dos soldados de Shishio no vilarejo abandonado. Além disso os episódios referentes aos arcos do Jinputtai (15 e 16), Raijuuta (19 a 21), viagem de trem a Yokohama (22), pirata Shura (25 a 27) e na saga do Shishio os episódios 28 a 32, que compreendem a luta de Kenshin contra Saitou, a morte de Ookubo nas mãos de Soujirou e os episódios que antecedem a aparição de Makoto Shishio na série, eles não foram exibidos na emissora, ficando inéditos até o Cartoon Network os exibir entre setembro e novembro de 2001. Também teve os episódios 38 a 40 que foram editados como um único capítulo. Depois disso a saga de Shogo Amakusa foi exibida até o episódio 75, dessa forma sem ter seu final exibido. Além disso, os três últimos arcos de história ("Kaishuu Katsu", "Cavaleiros Negros" e "Feng Shui") permaneceram inéditos no Brasil até meados de 2002, quando foram exibidos pelo Cartoon Network.
 ...

You Might Also Like

0 comentários

Mais Lidas

Postagem em destaque

E Se Prety Little Liars Fosse Brasileira? (Versão Globo)

Já fizemos esse post aqui, porém no modo SBT (isso é, usando atores jovens do SBT) agora vamos fazer usando os da Globo.inc. Você já pensou...

Posts mais vistos