Elasmossauro, o terrível monstro das águas

12:19


Os seres pré-históricos viveram na terra por milhões de anos, sendo que a classe dominante por maior tempo foi a dos grandes répteis, terrestres e aquáticos.


No capitulo de hoje, vamos conhecer o terrível dos mares, Elasmossauro




Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Reptlia

Ordem: Plesiossauria


1) Quem é?

O Elasmossauro (Elasmosaurus platyurus) foi um réptil pré-histórico da ordem Plesiosauria (não era um dinossauro)

O elasmossauro (do grego, "lagarto de placas finas", referindo-se aos ossos de sua cintura pélvica. Foi considerado o "terrível monstro das águas", com seu enorme pescoço de 8m de comprimento, parecendo uma serpente gigantesca. Pesava o equivalente a um elefante e sua cabeça era muito pequena, medindo cerca de 60cm. O elasmossauro viveu por volta de 208 a 144 milhões de anos atrás, no período jurássico.


O corpo dele era bastante pesado, por esse motivo um estudioso o descreveu como "cobra que enfiaram no corpo de uma tartaruga". A cauda deste réptil marinho media mais ou menos 2,40m de comprimento. O elasmossauro era carnívoro, ou seja, se alimentava de carne de outros animais.

Entre os répteis marinhos, o elasmossauro se encontrava entre os maiores, pois media cerca de 13m de comprimento e pesava mais ou menos 5 toneladas. Devido ao seu tamanho e ao comprimento de seu pescoço, algumas pessoas acreditam que o famoso monstro do Lago Ness, possa ser um sobrevivente desta espécie de dinossauro marinho (Há uma grande observação sobre o Plesiossauro).

Elasmossauro e Megalodonte

2) De Onde Veio?

Viveu no fim do período Cretáceo no que corresponde à atual América do Norte. Este réptil, como os outros plesiossauros, vivia em habitat marinho. 

Os primeiros fósseis de elasmossauro foram descobertos em 1868 por Edward Drinker Cope. Para além do E. platyurus, há mais sete espécies descritas dentro do gênero Elasmosaurus




3) Comportamento

Acredita-se que ele não era um bom nadador, pois vivia em águas rasas e se alimentava de peixe e alguns tipos de moluscos. Se eles procurassem águas mais profundas, teriam sérios problemas com os tubarões, que já existiam naquela época. 

O megalodon, que viveu entre 20 e 3 milhões de anos atrás e foi um dos maiores que já existiu, podendo chagar a 15m. O elasmossauro precisava tirar a cabeça de água para respirar, pois era um réptil e não um peixe.



Provavelmente dava seus filhotes à luz diretamente na água, como outros plesiossauros do Cretáceo. Suas nadadeiras eram tão rígidas e adaptadas a nadar que eles não poderiam sair em terra para depositar ovos.
O elasmossauro foi descoberto no Kansas, EUA, e descrito em 1868.


4) Ossos Errados

Edward Drinker Cope, que era especialista em lagartos (répteis de pescoço curto e cauda comprida), ao reconstruir o esqueleto, colocou o crânio equivocadamente no que era a ponta da cauda. O erro foi corrigido dois anos depois, por Joseph Leidy.

You Might Also Like

0 comentários

alguem comentou ? AAAH obrigada por comentar !!!

Popular Posts

Postagem em destaque

As 14 Heroínas Mais Poderosas dos Quadrinhos

O mundo dos quadrinhos não é feito só de super-heróis. Na verdade uma das partes mais importantes deste universo fictício são mesmo as  s...

Posts mais vistos